Liberdade poética

by escrever como?

A liberdade poética está presente (na prosa inclusive) quando não se deixa inibir pelo rigor lógico dos dicionários, é capaz de trocar as voltas à gramática, inclusive quando infringe as leis da ortografia (ver nota 1). A Poesia Concreta, por exemplo, é um movimento estético na linha de outros semelhantes na música, na pintura, etc, que procura ultrapassar a própria noção de “conteúdo” e recriar a partir da forma.

1075646_654208171275075_1921936563_n

Provavelmente, desse modo  o autor procura sublinhar o que há de convencional na linguagem, particularmente na linguagem escrita, e ultrapassar seus limites e expressar ideias, emoções ou intuições (ver nota 2).

images (4)

As quais, de outro modo, resultariam diminuídas, senão mesmo mumificadas (ver nota 3). O que é uma outra maneira de lidar com os “conteúdos”.

Ao contrário do que possa parecer ao leitor apressado, não é um caminho fácil: para ser credível exige coerência, ideias, projecto. Ou arrisca-se a ser mera babugem, verborreia, ruído. E daí a ser interessante, a cativar o leitor…bem, isso já são outros contos.

chickenpoet_money

-Queres ser um poeta?
-Estou nisto só pelo dinheiro.

Como, aliás, mestre Caeiro frequentemente nos chama a atenção:

“(…) Enquanto vou na estrada antes da curva/ Só olho para a estrada antes da curva, / Porque não posso ver senão a estrada antes da curva./ De nada me serviria estar olhando para outro lado/ E para aquilo que não vejo./ Importemo-nos apenas com o lugar onde estamos. / Há beleza bastante em estar aqui e não noutra parte qualquer./ Se há alguém para além da curva da estrada, /Esses que se preocupem com o que há para além da curva da estrada. (…)

8674_480467422041294_269212732_n

Anúncios