Le mal de vivre

by escrever como?

Os escrevinhadores, consagrados ou anónimos, são como os outros seres humanos, apesar de tudo: precisam de motivação, treino diário, avaliação por objectivos e por desempenho, terapia, amor, carinho. E comida quente uma vez por dia, pelo menos.

13254409

Nos posts de Agosto e de Setembro falei sobre o bloqueio da criatividade e tentei dar algumas dicas para ultrapassar fase tão nefasta. Mas o que procuro reflectir agora é o bloqueio do autor que, tendo tudo bem delineado para arrancar o processo da escrita, não consegue fazê-lo.

'El indiferente' (2006) de Gilbert Garcin

De certo modo, é como aquela estória do rapaz/rapariga que tem saúde, beleza e dinheiro, a vida toda pela frente, mas sente-se infeliz, sem interesse por nada (nem ninguém) …e, nós, os menos afortunados, a pensarmos ‘ah, se eu estivesse no teu lugar, o que não faria!…’

Contam as biografias de alguns autores famosos que estes beneficiaram da ajuda inestimável das suas companheiras para conseguirem escrever boa parte da sua obra. Na verdade, sugerem os biógrafos que essas mulheres teriam escrito, de facto, os livros que eles depois assinaram e assumiram a paternidade.

1238164_174431176079440_2021869746_n

Polémicas à parte, o que isto exprime é o absurdo de ter um projecto perfeitamente delineado ao pormenor mas não ter ânimo para o concretizar; ânimo que outra pessoa, aparentemente menos dotada, pode ter de sobra.

Como já foi dito no post anterior, este não é um problema criativo, nem especificamente literário. Mas é frequente nestes meios, e não menos improdutivo quanto o bloqueio criativo.

-A minha terapia é muito simples: eu abano a cauda e lambo-lhe a cara até que se sinta bem consigo mesmo outra vez.

“A minha terapia é muito simples: eu abano a cauda e lambo-lhe a cara até que se sinta bem consigo mesmo outra vez.”

Se o escrevinhador deste blog tivesse vocação para guru, líder espiritual ou para lançar campanhas de marketing, daria já de seguida os 10 passos para solucionar esta maleita. Mas não tem.

Entre outros defeitos, além dos de se repetir com frequência e falar de si na terceira pessoa, ele especializou-se em levantar problemas e problematizá-los um pouco mais.

29826297_640

Anúncios