A escrita chata

by escrever como?

Pode parecer um grande enigma, mas há escrevinhadores chatos (ou maníacos) que são pessoas muito interessantes na aparência, e há pessoas muito chatas (ou maníacas) que são escrevinhadores muito interessantes.

E se a tua vida for chata em todos os universos paralelos?

E se a tua vida for chata em todos os universos paralelos?

Creio que a explicação não é muito difícil.

No primeiro caso, a escrita não surge do impulso apaixonado de quem tem algo a contar/exprimir, mas parte de um processo em que a literatura é simples instrumento.

"E todos vivemos lucrativamente para sempre."

“E todos vivemos lucrativamente para sempre.”

Já no segundo, a literatura pode ser a via do auto-conhecimento, da exploração do mundo, da criação.

-Que é que te faz pensar que achamos a tua estória sobre gatos chata?

“Que é que te faz pensar que achamos a tua estória sobre gatos chata?”

Pior, mesmo, são as pessoas realmente chatas que escrevem coisas muito chatas. E não se enxergam. No universo fechado dos amigos e das tertúlias de poesia, fica difícil que recebam outra coisa senão os elogios postiços e as palmas de circunstância.

Se publicarem, poderão ainda ser abençoados com uma crítica; se não…donde chegarão críticas válidas e construtivas (e desapiedadas)?

O que torna a escrita chata?! Já tenho dito alguma coisa do que penso sobre isto e, correndo o risco de me repetir, tentarei num próximo post elaborar algo mais.

satirical-art-pawel-kuczynski-6-620x

 

 

 

Anúncios